sexta-feira, 30 de setembro de 2011

AEROPORTO INTERNACIONAL MILITANA SALUSTINO

 
NOME DA ROMANCEIRA DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE É
MAIS UMA APOSTA QUE SURGE PARA O BATISMO DA OBRA


Uma das justificativas é o fato de Dona Militana
ter recebido, em 2005, a Comenda Máxima da
Cultura Popular das mãos do então presidente Lula

Um dos organizadores da manifestação, o fotógrafo e pesquisador da Comissão Estadual de Folclore, Lenilton Lima, justifica o nome de Dona Militana pela representatividade da cultura popular de São Gonçalo do Amarante e por ter elevado o nome do município para além das fronteiras regionais quando recebeu a Comenda Máxima da Cultura Popular das mãos do então presidente Lula, em 2005. A mesma Comenda foi entregue a nomes como Oscar Niemeyer e Chico Buarque de Holanda. "São Gonçalo precisa de um nome que eleve a sua cultura para fora do Brasil", acrescenta.

Talvez o maior concorrente de Dona Militana seja Aluízio Alves. O nome do ex-ministro é defendido por instituições de renome como a Academia Norte-rio-grandense de Letras, Conselho Estadual de Cultura e Instituto Histórico e Geográfico do RN. A sugestão dessas instituições, inclusive, já foi acatada pela Câmara dos Vereadores de São Gonçalo. "Questionaremos essa decisão de escolher o nome de Aluízio Alves sem consultar o povo e os artistas da cidade", adianta Lenilton. A opinião do prefeito Jaime Calado é de que o Aeroporto levaria o nome do ex-presidente Lula.

Jaime já explicou ao Diário de Natal que a decisão do nome de Aluízio Alves partiu da gestão passada. Quando o então presidente esteve em Natal, Jaime falou pessoalmente que desejaria homenageá-lo com o nome do aeroporto. "A resposta dele foi que isso é coisa pra quando ele morrer, mas há lei do município autorizando a homenagem em vida, e esse é o meu desejo", disse.

Para Lenilton Lima, "precisamos modificar alguns conceitos impetrados na cultura sãogonçalense há algum tempo. O teatro municipal do município leva o nome do político Poti Cavalcanti quando tivemos a figura marcante de Pedro Miranda no teatro - hoje sequer é lembrado. E esse é só um exemplo. São Gonçalo precisa olhar mais para seus filhos ilustres". Lenilton acrescenta que enormes faixas de terra têm sido compradas por portugueses com vistas à valorização imobiliária após a conclusão da mega obra. "Temos de questionar hoje qual a cidade que queremos após o Aeroporto", ressaltou.

Candidatos

Outros nomes já especulados para denominar o Aeroporto de São Gonçalo foram os dos herois indígenas Clara e Felipe Camarão, então residentes nas proximidades do aeroporto; do ex-governador e amante da aviação, Juvenal Lamartine; do folclorista Câmara Cascudo; e do ex-prefeito de Natal, Djalma Maranhão. O próprio grupo de artistas de São Gonçalo também levantaram a possibilidade do nome do pai de Dona Militana, Atanásio Salustino, mestre de grupo de Fandango e do Boi Calembra. No


Fonte:
Diário de Natal - Muito
Edição de quinta-feira, 29 de setembro de 2011

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Nininha, você tem todo o direito de defende o nome do nosso ex-presidente Lula, séria um bom nome para o Aeroporto. Mas a briga não é entre Lula e Dona Milita e sim Aloisio Alvez.
      Nos que defendemos o nome da Romanceira Dona Militana defendemos porque sempre nos foi dados às migalhas. Defendemos porque achamos que esta na hora de se fazer justiça em homenagear uma mulher cabocla nascida em São Gonçalo do Amarante/RN que tanto nos deu e pouco fizemos por ela.
      Talvez você faça essa avaliação porque não conheceu a importância dos Romances de Militana e isso me entristece, pois é uma coisa comum e um grande adversário nosso. A inocência de nosso povo e a desonestidade de nossos políticos nos faram engolir alguém por força acordo politico e não por méritos.

      Excluir